sábado, 31 de março de 2012

Cavalgada ...


Voltando para o meu aconchego, nesta manhã de sábado, me deparei com uma linda cavalgada pela rua do bairro. Com a máquina fotográfica a punho não deixei escapar e tirei umas fotos. Na faixa erguida os dizeres:"I Cavalgada da Igreja Batista em Água Fria homenagem ao Sr. Antonico" 95 anos. Louvado seja Deus na vida de todos e principalmente na vida do Sr. Antonico, não o conheço, mas o Senhor o conhece muito bem.
Grande é o Senhor e mui digno de ser louvado.
(Salmos 145:3)

sexta-feira, 30 de março de 2012

quarta-feira, 28 de março de 2012

Morre "Millôr Fernandes"


Veja a última frase publicada por Millôr, no perfil do seu twitter:

FILOSOFIA MILLORIANA: Antes de Freud o sexo era um pecado maravilhoso. Agora é um enrolo tedioso.


Nascido no bairro do Méier, no Rio de Janeiro, Millôr Fernandes sempre fez piada em relação ao seu registro de nascimento. Costumava brincar que percebeu somente aos 17 anos que o seu nome havia sido escrito errado na certidão: onde deveria estar Milton, leu “Millôr” (o corte da letra “t” confundia-se com um acento circunflexo, e o “n” com um “r”).

Seja como for, gostou do novo nome e o adotaria a partir de então. “Milton nunca foi uma boa escolha”, comentaria anos mais tarde, durante uma entrevista. A data de nascimento também não estaria correta: em vez de 27 de maio de 1924, ele teria nascido em 16 de agosto do ano anterior.

O escritor morreu às 21h de terça-feira (27), em casa, em Ipanema, na Zona Sul do Rio. Segundo Ivan Fernandes, filho do escritor, ele teve falência múltipla dos órgãos.

Desenhista, tradutor, jornalista, roteirista de cinema e dramaturgo, Millôr foi um raro artista que obteve grande sucesso, de crítica e público, em todas as áreas em que se atreveu trabalhar. Ele, que se autodefinia um “escritor sem estilo” ...

(fonte: g1.globo.com)

Millôr Fernandes escreveu poema sobre a própria morte

16/08/1923 - 27/03/2012

disse Jaguar:

"... morreu o maior desenhista, o maior humorista, o maior intelectual, o maior tradutor, o maior frasista, o maior palestrante, o maior conversador e outros que me falha a memória.Nunca saberei se ele era melhor falando, escrevendo ou desenhando."

(fonte:odia.ig.com.br)

terça-feira, 27 de março de 2012

Poetisando ... "Menino de rua"


MENINO DE RUA

Sou largado no mundo
Vivo debandando de lugar
Rua , praça, calçada, ou ponte
Num espaço qualquer a ocupar.

Sou um trapo esfarrapado em órbita
Vivo a vagar, desamparado
A Família, a sociedade, a escola
Fizeram de mim um desprezado.

Sou um espaço de tempo
Vivo entre a vida e a morte
Meu quarto não tem quatro paredes
Nem janelas, nem portas da sorte.

Comida? - são migalhas da hora.
Brincar? - não sou mais criança.
Estudar? - esqueceram de me cativar.
Dinheiro? - não preciso disso.
Aniversário? - não sei nem quando eu nasci.
Cigarro? - a fumaça da desgraça.
Relógio? - Pra quê, tenho todo o tempo do mundo.
Dançar? - só na chuva ou na lama.
Amor? - só se for de um cristão.
Deus? - existe, estou vivo!
Dormir? - cubro-me com um manto, que um santo me deu.
. . . eu só quero colo
a família.

(autoria: berenice)

segunda-feira, 26 de março de 2012

"Casa dos Flinstones"


Lembram da casa dos Flinstones do desenho animado? Do Fred e da Wilma? Pois é ...

Uma casa inspirada nos personagens da Idade da Pedra com vista para o mar está sendo vendida pelo apresentador americano Dick Clarck por US$ 3,5 milhões (R$ 6,3 milhões).A luxuosa casa, localizada em Malibu, tem janelas de vidro, tem adega de vinho, vista para o mar e para as montanhas e apenas um quarto.(fonte: epocanegocios.globo.com)


domingo, 25 de março de 2012

Reflexão ...

"A QUEM TENHO EU NO CÉU SENÃO A TI ?
E NA TERRA NÃO HÁ QUEM EU DESEJE ALÉM DE TI."
(Salmos 73:25)

Eu tenho um profundo desejo de Deus, e uma completa dependência de D'ELE.Tudo que eu preciso vem de Deus; proteção, respostas, vitórias, livramentos, tudo. Louvado seja Deus!

sábado, 24 de março de 2012

sexta-feira, 23 de março de 2012

Morre" Chico Anysio"





O personagem criado por Chico Anysio que eu mais gostava era a "Salomé".
"Salomé" foi criada logo após o fim da censura no Brasil. Ela era uma idosa gaúcha natural de Passo Fundo, que conversava intimamente com o ex- presidente João Batista Figueiredo."

Morreu aos 80 anos, o humorista Chico Anysio, após uma parada cardiorrespiratória, decorrente de choque séptico causado por infecção pulmonar. O cearense Chico Anysio, criou mais de 200 personagens e foi um dos maiores humoristas do Brasil. Ele deixou 8 filhos e 10 netos e completaria 81 anos no dia 12 de abril. Deixou saudades!!!

terça-feira, 20 de março de 2012

BBB 12 ... valeu Fael!

O paredão de hoje que eliminou João Carvalho, valeu a pena. João é um cara legal, mas não se compara a Fael, que tem um jeito todo simples e cativante de ser, uma inocência de matuto, uma pessoa forte, guerreira. A vitória de Fael já está confirmada; ele declarou sua vitória na madrugada quando acordou assustado e passou por cima de todos; ele determinou sua vitória quando Bial perguntou: "O que se lembra dessa noite? Tocou o Big Fone?" Fael respondeu: ..."eu preciso ser o primeiro a chegar". E vai chegar. Torço por você Fael!

Discurso de Bial na eliminação de João Carvalho

“Um dia desses, a gente estava conversando sobre retidão, lembram?
Sobre a escolha entre retidão e curvas. Há quem identifique retidão com virtude, em oposição às curvas. Curvas seriam coisa de quem quer dar uma volta... Em alguém...

Será que isso vale sempre? Será que isso vale no Big Brother? Será que, no BBB, o menor caminho entre dois pontos, o primeiro dia e a grande final, o menor caminho entre esses dois pontos, será que é uma reta? Olha: nem sempre a retidão é sinal de virtude: Pense no que significa a linha reta do aparelho que monitora os sinais vitais de um paciente na C.T. I. Ali, a linha reta é a morte.

O que é tão bonito na linha reta? Talvez justamente o fato de ela não existir, ser uma invenção humana, algo artificial. Artificial ou ilusório. A única linha reta da natureza, o horizonte, é ilusória, uma ilusão de ótica.

Vamos tentar pensar do ponto de vista de quem assiste ao programa. A linha reta pode ser chata, um desenho monótono, a história de alguém que entrou na casa de um jeito, e desse jeito permaneceu, manteve a linha reta, meio tremelicada, às vezes, mas reta. Pode ser uma chatice. Ou não. Pode ser um sinal de coerência, integridade. Ou... Não...

Já um participante, que entra e se atrapalha todo aí dentro, pode traçar um caminho de curvas, uma hora de um lado outra de outro lado, uma hora para cima, outra para baixo... Essa montanha-russa emocional pode ser interpretada como algo divertido, humano, comovente. Ou não. E o zig- zag pode também ser julgado como fraqueza, coisa de maria- vai-com-as-outras. Ou... Não...

Vista de bem longe, toda curva é reta. Vista de muito perto, toda reta é cheia de curvinhas. É o tal negócio: Uma das características da natureza humana é não aceitar a natureza humana. Talvez, até por isso, a aparente retidão seja tão sedutora. No fim das contas, o BBB sempre nos faz repetir a pergunta: Afinal, as aparências enganam ou não?

Bom, chega de rodeios... Quem sai hoje é João Carvalho”.

(fonte:globo.com/bbb)

Sintetizando . . .


Nem o brilho do sol
no vasto céu azul
é mais radiante
que o sorriso de uma criança.

(berenice)

segunda-feira, 19 de março de 2012

Dia do Carpinteiro

No dia de hoje, 19 de Março comemora-se o dia do carpinteiro. É muito comum confundirmos o carpinteiro com o marceneiro, pois ambos trabalham com madeira.
Pode-se dizer que a diferença entre o "carpinteiro" e o "marceneiro" está no processo de trabalhar a madeira. O primeiro beneficia a madeira, cortando-a e lavrando-a em peças que serão utilizadas principalmente nas coberturas, soalhos e forros. Sua jornada de trabalho realiza-se num canteiro de obras ou serviços.O marceneiro passa a maior parte de seu tempo numa bancada, cortando, encaixando e entalhando peças e objetos. Seu trabalho é mais delicado e, normalmente, requer muita paciência, são artesãos especializados na transformação da madeira em móveis, peças decorativas, itilitários e objetos de arte das mais variadas formas.Existem marceneiro que também são carpinteiros e vice versa.

O que tornou esta arte famosa foi um conhecido carpinteiro. Com certeza, o carpinteiro mais famoso que já existiu: Jesus Cristo.Tanto Ele, como José, seu pai adotivo, foram chamados de carpinteiros " Não é este o filho do carpinteiro? Não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos, Tiago,José, Simão e Judas? (Mateus 13.55)Jesus cresceu e morou na cidade de Nazaré. Durante algum tempo Ele tenha ajudado José e assim, aprendera o mesmo ofício, e se tornou o carpinteiro daquela pequena cidade, até quando se mudou para Cafarnaum e começou sua obra de anunciar o Reino de Deus.
Ele é o próprio Deus, Ele é o Messias Salvador, que veio morrer numa cruz para pagar pelos pecados dos homens, e libertá-los destes pecados. Ele é Aquele que venceu a morte pela ressurreição, e hoje está à direita de Deus, intercedendo pelos seus. Ele é o Juiz que voltará para concretizar a salvação eterna dos que creram e condenar os que O rejeitaram.
Conheça Jesus, o Carpinteiro que pode consertar Sua vida para toda a eternidade.

(fonte:google)

sexta-feira, 16 de março de 2012

Fotografia ...



Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.

Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.

Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive

(Fernando Pessoa)

quarta-feira, 14 de março de 2012

AFL no "Dia da Poesia"


O Dia da Poesia foi lembrado pela Academia Fidelense de Letras de modo simples , mas regado a inspiração. O evento foi na praça principal da cidade, que teve o coreto como palco para apresentação das poesias. A nossa presidente Maria Lúcia Fernandes conduziu o evento de modo muito bacana, onde a poesia foi a anfitriã da festa. Houve participação dos confrades da AFL e das escolas da cidade. Na parte da manhã houve também uma panfletagem de poesias pelo centro da "Cidade Poema". Valeu!! Esperamos bis para o próximo ano!

CANTO II
Pedro Emílio
(poeta fidelense)

Invejo, menino,
a cantiga do sino,
o bronze não invejo.

Invejo, operário,
a cantiga do malho,
o trabalho não invejo.

Invejo, poeta,
a cantiga do brejo,
o sapo não invejo.

Invejo a imaterialidade
da canção:
nova anunciação!

Dia da Poesia

A palavra "poesia" tem origem grega e significa "criação". É definida como a arte de escrever em versos, com o poder de modificar a realidade, segundo a percepção do artista.
Antigamente, os poemas eram cantados, acompanhados pela lira, um instrumento musical muito comum na Grécia antiga. Por isso, diz-se que a poesia pertence ao gênero lírico. Hoje, os poemas podem ser divididos em quatro gêneros: épico, didático, dramático e lírico.
As linhas de um poema são os versos. O conjunto desses versos chama-se "estrofe". Os versos podem rimar entre si e obedecer à determinada métrica, que é a contagem das sílabas poéticas de um verso. Os versos mais tradicionais são as redondilhas; a redondilha menor tem cinco sílabas, e a maior com sete; os versos decassílabos, dez; os alexandrinos, doze.
A rima é um recurso que confere musicalidade aos versos, baseando-se na semelhança sonora das palavras do final ou, às vezes, do interior dos versos. Rima, ritmo e métrica são características especiais de um poema e que podem variar, dependendo do movimento literário da época.
No Brasil, os primeiros poemas surgiram junto com o seu descobrimento, pois os jesuítas usavam versos para catequizar os índios.
Depois, surgiram outras formas de poesia, como o barroco (1601-1768), o arcadismo (1768-1836), o romantismo (1836-1870), o parnasianismo (1880-1893), o simbolismo (1893-1902), o pré- modernismo (1902-1922), o Modernismo (1922-1962), até a forma de hoje.
O Dia Nacional da Poesia, não por acaso, coincide com a comemoração do nascimento do grande escritor baiano Castro Alves. Poeta do Romantismo, foi autor de belíssimas obras, como o “Navio Negreiro” e “Espumas Flutuantes”. Sua arte era movida pelo amor e pela luta por liberdade e justiça.
(fonte:net)
O SINEIRO
Pedro Emílio
(poeta fidelense)

Os sineiros das capelas
trazem na alma a voz dos sinos?
Ou os sinos trazem na voz
a alma do sineiro?...

Nos dias de festa,
o sineiro jogava na rua
a alma do sino ou a sua?

Então, quando menino,
como entendia a voz dos sinos!
Como cantavam tristes,
ainda que em dias de festa!

Hoje, como entendê-las,
ainda que em dia de saudade ...?
- O sino ficou com a alma do menino?
- O menino ficou com o bronze do sino?

segunda-feira, 12 de março de 2012

BBB 12 , pra quê ?

Gosto de assistir o BBB, fazer o quê, mas de um tempo pra cá, tá ficando chato! Este ano tá uma água morna sem sal e sem açúcar.Quem selecionou os participantes para este reality deveria de estar "naquele dias", de qualquer um serve! Mas não estão servindo pra nada. Os BBBs têm que ter conteúdo, histórias pra contar, ser pessoas inteligentes, estudadas, viajadas, e até folcóricas, por quê não? Se quiserem uma ajudinha pra seleção dos participantes podem me chamar, estou a disposição rsrsrs!! Já fiz margarina virar sucesso, que o diga meu marido ahahah!!! Os participantes são sempre esteriótipos de outros bbs passados, assim não dá!!Tem até um vegetal participando, o que é aquilo? Bom, apesar dê, estou torcendo para o FAEL, é o melhorzinho junto com a Monique. Aguardo melhores edições!!!! A salvação do BBB é mesmo o Bial, veja só:

Confira o discurso de Pedro Bial no paredão que eliminou a Laisa

Como anúncio da eliminação de hoje, eu peço para ler, principalmente como consolo, o poema mais famoso de Elisabeth Bishop que se chama “Uma Arte”.

Uma Arte

A arte de perder não é nenhum mistério;
Tantas coisas contêm em si o acidente
De perdê-las, que perder não é nada sério.

Perca um pouquinho a cada dia. Aceite, austero,
A chave perdida, a hora gasta bestamente.
A arte de perder não é nenhum mistério.

Depois perca mais rápido, com mais critério:
Lugares, nomes, a escala subsequente
Da viagem não feita. Nada disso é sério.

Perdi o relógio de mamãe. Ah! E nem quero
Lembrar a perda de três casas excelentes.
A arte de perder não é nenhum mistério.

Perdi duas cidades lindas. E um império
Que era meu, dois rios, e mais um continente.
Tenho saudade deles. Mas não é nada sério.

- Mesmo perder você (a voz, o riso etéreo
que eu amo) não muda nada. Pois é evidente
que a arte de perder não chega a ser mistério
por muito que pareça (Escreve!) muito sério.

***

A norte-americana Elizabeth Bishop nasceu em Massachusetts, em 8 de fevereiro de 1911, e morreu 68 anos depois, em Boston. Em 1952, depois de uma viagem pela costa brasileira, Elizabeth encantou-se pelas montanhas de Petrópolis e lá permaneceu por longos quinze anos. Durante esse período, escreveu numerosos registros e poemas, como o transcrito acima.


domingo, 11 de março de 2012

Relexão ...

“Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graça. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus.”
(
Filipenses 4: 6-7)

sábado, 10 de março de 2012

Sintetizando . . . "ansiedade"


Nessa ansiedade acelerada
de não sei o quê
Nessa urgência exarcebada de tudo
o descontrole da mente e do corpo
explodem ...
O que domina
é o espírito aquietado.

(berenice)

sexta-feira, 9 de março de 2012

Mulher não se bate, dê parte !!!


A história da Maria da Penha

A Lei que protege as mulheres contra a violência recebeu o nome de Maria da Penha em homenagem à farmacêutica cearense Maria da Penha Maia Fernandes. Com muita dedicação e senso de justiça, ela mostrou para a sociedade a importância de se proteger a mulher da violência sofrida no ambiente mais inesperado, seu próprio lar, e advinda do alvo menos previsto, seu companheiro, marido ou namorado.


Em 1983, Maria da Penha recebeu um tiro de seu marido, Marco Antônio Heredia Viveiros, professor universitário, enquanto dormia. Como seqüela, perdeu os movimentos das pernas e se viu presa em uma cadeira de rodas. Seu marido tentou acobertar o crime, afirmando que o disparo havia sido cometido por um ladrão.
Após um longo período no hospital, a farmacêutica retornou para casa, onde mais sofrimento lhe aguardava. Seu marido a manteve presa dentro de casa, iniciando-se uma série de agressões. Por fim, uma nova tentativa de assassinato, desta vez por eletrocução que a levou a buscar ajuda da família. Com uma autorização judicial, conseguiu deixar a casa em companhia das três filhas. Maria da Penha ficou paraplégica.
No ano seguinte, em 1984, Maria da Penha iniciou uma longa jornada em busca de justiça e segurança. Sete anos depois, seu marido foi a júri, sendo condenado a 15 anos de prisão. A defesa apelou da sentença e, no ano seguinte, a condenação foi anulada. Um novo julgamento foi realizado em 1996 e uma condenação de 10 anos foi-lhe aplicada. Porém, o marido de Maria da Penha apenas ficou preso por dois anos, em regime fechado.
Em razão deste fato, o Centro pela Justiça pelo Direito Internacional (CEJIL) e o Comitê Latino-Americano de Defesa dos Direitos da Mulher (CLADEM), juntamente com a vítima Maria da Penha, formalizaram uma denúncia à Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA), Órgão Internacional responsável pelo arquivamento de comunicações decorrentes de violação de acordos internacionais.
Paralelamente, iniciou-se um longo processo de discussão através de proposta elaborada por um Consórcio de ONGs (ADVOCACY, AGENDE, CEPIA, CFEMEA, CLADEM/IPÊ e THEMIS). Assim, a repercussão do caso foi elevada a nível internacional. Após reformulação efetuada por meio de um grupo de trabalho interministerial, coordenado pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, do Governo Federal, a proposta foi encaminhada para o Congresso Nacional.
Transformada a proposta em Projeto de Lei, realizaram-se durante o ano de 2005 , inúmeras audiências públicas em Assembléias Legislativas das cinco Regiões do País, contando com a intensa participação de entidades da sociedade civil.
O resultando foi a confecção de um “substitutivo” acordado entre a relatoria do projeto, o Consórcio das ONGs e o Executivo Federal, que resultou na sua aprovação no Congresso Nacional, por unanimidade.
Assim, a Lei nº 11.340 foi sancionada pelo Presidente da República em 07 de agosto de 2006.
Em vigor desde 22 de setembro de 2006, a “Lei Maria da Penha” dá cumprimento, finalmente, as disposições contidas no §8º, do artigo 226, da Constituição Federal de 1988, que impunha a criação de mecanismos para coibir a violência no âmbito das relações familiares, bem como à Convenção para Previnir, Punir e Erradicar a Violência Contra à Mulher, da OEA (Convenção de Belém do Pará), ratificada pelo Estado Brasileiro há 11 anos e, ainda, à Convenção para Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Contra a Mulher (CEDAW) da ONU (Organização para as Nações Unidas).
Isto tudo porque, segundo exterioriza a Ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, Nilcéa Freire, “toda mulher tem o direito a uma vida livre de violência”, que é nosso desejo e deve ser nosso compromisso”.
(fonte:www.mariadapenha.org.br)
"LEI MARIA DA PENHA VALE MESMO SEM QUEIXA DA AGREDIDA, DECIDE STF"
09 DE FEVERERIRO DE 2012
Por 10 votos a 1, o plenário do Supremo Tribunal Federal decidiu nesta quinta-feira (9) que, a partir de agora, o Ministério Público pode denunciar o agressor nos casos de violência doméstica contra a mulher, mesmo que a mulher não apresente queixa contra quem a agrediu.
A Lei Maria da Penha protege mulheres contra a violência doméstica e torna mais rigorosa a punição aos agressores. De acordo com norma original, sancionada em 2006, o agressor só era processado se a mulher agredida fizesse uma queixa formal.
Até a decisão desta quinta, a Lei Maria da Penha permitia inclusive que a queixa feita pela mulher agredida fosse retirada. A partir de agora, o Ministério Público pode abrir a ação após a apresentação da queixa, o que garante sua continuidade.
(fonte:g1.globo.com) ver mais ...




quinta-feira, 8 de março de 2012

O dia é nosso ... mulher !!


Hoje é o nosso dia, da "Mulher", vamos celebrar com alegria, muita saúde, ao redor da família e amigos. Vejo que as mulheres de hoje são mais independentes, de uma capacidade profissional nivelada ou acima de qualquer homem, sabem muito bem o que querem, são auto sustentáveis, batalhadoras, conhecem seus direitos, são mães de poucos filhos, e ainda continuam lindas, charmosas, maravilhosas, femininas, sensíveis, carinhosas e amorosas.
Parabéns para nós "mulheres", busquemos a felicidade sempre!!

Um pouquinho de Clarice Lispector


. . .Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...o de mais nada fazer.

Biografia


Clarice Lispector nasceu na Ucrânia, numa aldeia de nome complicado: Tchetchenillk, no ano de 1920. Os Lispector emigraram da Rússia para o Brasil no ano seguinte, e Clarice nunca mais voltou á pequena aldeia. Fixaram-se em Recife, onde a escritora passou a infância. Clarice tinha 12 anos e já era órfã de mãe quando a família mudou-se para o Rio de Janeiro. Entre muitas leituras, ingressou no curso de direito, formou-se e começou a colaborar em jornais cariocas. Casou-se com um colega de faculdade em 1943.

No ano seguinte publicava sua primeira obra: Perto do coração selvagem. A moça de 19 anos assistiu à perplexidade dos leitores e da crítica: quem era aquela jovem que escrevia "tão diferente?” Seguindo o marido, diplomata de carreira, viveu fora do Brasil por quinze anos. Dedicava-se exclusivamente a escrever. Separada do marido e de volta ao Brasil, passou a morar no Rio de Janeiro. Em 1976 foi convidada para representar o Brasil no Congresso Mundial de Bruxaria, na Colômbia. Claro que aceitou: afinal, sempre fora mística, supersticiosa, curiosa a respeito do sobrenatural. Em novembro de 1977 soube que sofria de câncer generalizado. No mês seguinte, na véspera de seu aniversário, morria em plena atividade literária e gozando do prestígio de ser uma das mais importantes vozes da literatura brasileira.

(fonte:net)


Resumo Biográfico
1920 Nasce Clarice Lispector à 10 de dezembro em Tchetcheknik, aldeia da Ucrânia, filha de Marieta e Pedro Lispector

· 1921 Clarice Lispector chega ao Brasil com dois meses de idade, razão pela qual se considera muito mais brasileira do que russa, e vai residir em Maceió.

· 1924 A família se transfere para Recife, onde Clarice passa a sua infância, em um prédio da Praça Maciel Pinheiro. Estuda no Grupo Escolar João Barbalho, passando daí a para o Ginásio Pernambucano.

· 1930 Falece sua mãe.

· 1933 Pedro Lispector transfere-se com a família para o Rio de Janeiro, passando Clarice a estudar no Colégio Sílvio Leite. Nesse período lê bastante, não só a literatura romântica de Delly, como também as obras de escritores consagrados como Júlio Dinis, Eça de Queirós, José de Alencar e Dostoiewski.

· 1938 Prepara-se, no Colégio Andrews, para ingressar na Faculdade de Direito. Nessa época, freqüenta uma pequena biblioteca de aluguel na Rua Rodrigo Silva, onde escolhe os livros pelo título. Descobre, ocasionalmente, a obra de Katherine Mansfield.

· 1940 Entra para a Faculdade Nacional de Direito. Falece o seu pai.

· 1941 Redatora da Agência nacional, trabalha ao lado de Lúcio Cardoso, que se tornaria um de seus melhores amigos.

· 1942 Enquanto cursa a faculdade, começa a escrever seu primeiro romance Perto do Coração Selvagem.

· 1943 Trabalha em A Noite como redatora, indo depois para o Diário da Tarde, onde faz uma página feminina assinado por Ilka Soares. Naturaliza-se brasileira. Casa-se com o diplomata Mauri Gurgel Valente em 23 de janeiro. Acompanha o marido a Nápoles. Nessa cidade presta ajuda a um hospital de soldados brasileiros. Começa a escrever O Lustre.Publica o primeiro livro Perto do Coração Selvagem, pela editora A Noite. Neste mesmo ano o romance é laureado com o Prêmio Graça Aranha.

· 1946 Publica pela Agir O Lustre. Reside em Berna de onde viaja para a Espanha.

· 1949 França e Itália. Conhece Ungaretti e De Chirico. Em 10 de setembro nasce, em Berna, seu primeiro filho, Pedro.

· 1950 Regressa ao Rio de Janeiro.

· 1951 Passa seis meses em Torkway, na Inglaterra, onde faz as primeiras anotações para A maçã no Escuro.

· 1952 Publica Alguns Contos. Escreve a crônica “Entre Mulheres” para a revista Comício, sob o pseudônimo de Teresa Quadros. Reside em Washington.

· 1953 Em 10 de fevereiro, nasce o segundo filho, Paulo.

· 1958 Colabora para a revista Senhor.

· 1959 Assina, sob o pseudônimo de Helen Palmer, a coluna “Feira de Utilidades”, publicada no Correio da Manhã.

· 1962 Recebe o prêmio Carmem Dolores pelo romance A maçã no Escuro.

· 1963 Pronuncia, no Texas, a conferência “Literatura Atual no Brasil”.

· 1967 Fica gravemente ferida por causa de um incêndio em seu apartamento. Escreve crônica semanal, aos sábados, para o Jornal do Brasil.

· 1968 Passa a integrar a Ordem da Calunga, da Campanha Nacional da Criança.

· 1969 Recebe o prêmio Golfinho de Ouro.

· 1975 Participa do 1º Congresso Mundial de Bruxaria, em Bogotá, com o texto “Literature and Magic”.

· 1977 Publica uma série de entrevistas em Fatos e Fotos, sob o título de “Diálogos Possíveis com Clarice Lispector”. Falece em 9 de dezembro de câncer.

terça-feira, 6 de março de 2012

Conselho de advogado ... de graça !!

1. Certidões: quem quiser tirar uma cópia da certidão de nascimento, ou de casamento, não precisa mais ir até um cartório, pegar senha e esperar um tempão na fila.
O cartório eletrônico, já está no ar! www.cartorio24horas.com.br

Nele você resolve essas (e outras) burocracias, 24 horas por dia, on-line. Cópias de certidões de óbitos, imóveis, e protestos também podem ser solicitados pela internet.
Para pagar é preciso imprimir um boleto bancário. Depois, o documento chega por Sedex.

Passe para todo mundo, que este é um serviço da maior importância.

2. Auxílio a Lista:
Telefone 102... não!
Agora é: 08002800102
Vejam só como não somos avisados das coisas que realmente são importantes......
Na consulta ao 102, pagamos 1,20 pelo serviço.

Só que a telefônica não avisa que existe um serviço verdadeiramente gratuito.

Não custa divulgar para mais gente ficar sabendo.

3. Lenda:
Não existe tratameto eficaz para queda de cabelo.
Tudo mentira, já existem produtos naturais que tratam seu couro cabeludo, em muitos casos eliminando a queda de cabelo para sempre.
Aqui está! - http://www.fimdaquedadecabelo.net
4. Multa de Trânsito: essa você não sabia.No caso de multa por infração leve ou média, se você não foi multado pelo mesmo motivo nos últimos 12 meses, não precisa pagar multa. É só ir ao DETRAN e pedir o formulário para converter a infração em advertência com base no Art. 267 do CTB. Levar Xerox da carteira de motorista e a notificação da multa.. Em 30 dias você recebe pelo correio a advertência por escrito. Perde os pontos, mas não paga nada.
Código de Trânsito BrasileiroArt. 267 - Poderá ser imposta a penalidade de advertência por escrito à infração de natureza leve ou média, passível de ser punida com multa, não sendo reincidente o infrator, na mesma infração, nos últimos doze meses, quando a autoridade, considerando o prontuário do infrator, entender esta providência como mais educa tiva.

5. Importantíssimo: Documentos roubados - BO (boletim de occorrência) dá gratuidade - Lei 3.051/98 - VOCÊ SABIA???
Acho que grande parte da população não sabe, é que a Lei 3.051/98 que nos dá o direito de em caso de roubo ou furto (mediante a apresentação do Boletim de Ocorrência), gratuidade na emissão da 2ª via de tais documentos como:
Habilitação (R$ 42,97);
Identidade (R$ 32,65);
Licenciamento Anual de Veículo (R$ 34,11)..
Para conseguir a gratuidade, basta levar uma cópia (não precisa ser autenticada) do Boletim de Ocorrência e o original ao Detran p/ Habilitação e Licenciamento e outra cópia à um posto do IFP..
VAMOS ACABAR COM A INDÚSTRIA DA MULTA E OUTROS ABUSOS!!!
(recebi por e-mail e repasso pra vocês)

domingo, 4 de março de 2012

Ceia do Senhor

O significado principal da Ceia do Senhor é que ela é um memorial simbólico.
Jesus disse: "fazei isto em memória de mim"(Lucas 22:19)

* A Ceia do Senhor é uma recordação da Morte de Cristo em nosso lugar.
* O pão partido fala sobre seu corpo machucado e crucificado.
* O fruto do vinho fala sobre o sangue derramado, que Ele despejou por nós.
* A Ceia do Senhor é uma lembrança de que nosso Senhor virá novamente.

"Porque recebi do Senhor o que também vos entreguei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; e, tendo dado graças, o partiu e disse: Isto é o meu corpo, que é dado por vós; fazei isto em memória de mim. Por semelhante modo, depois de haver ceado, tomou também o cálice, dizendo: Este cálice é a nova aliança no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim.Porque, todas as vezes que comerdes este pão e beberdes o cálice, anunciais a morte do senhor, até que ele venha." (I Coríntios 11: 23-26)

Até o primeiro domingo do próximo mês!

" Molda o coração tornando-o conhecedor e obsevador contínuo e convicto da Palavra de Deus."

E, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim.

Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim.

Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, até que venha.
1 Coríntios 11:23-26Porque
Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão;

E, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim.

Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim.

Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, até que venha.
1 Coríntios 11:23-26

sábado, 3 de março de 2012

Fotografia



A VANTAGEM DE SER INTELIGENTE É QUE PODEMOS FINGIR QUE SOMOS IMBECIS. ENQUANTO O CONTRARIO, É COMPLETAMENTE IMPOSSÍVEL. (Woody Allen)

Lançamento do livro "Aracy Ribeiro"

É, mais uma vez fiquei impossibilidada de comparecer a mais uma noite de poesias na "Cidade Poema", ocasião em que o poeta e confrate Aracy Ribeiro lançou o seu livro de poesias. Mas nem por isso deixei de receber de suas mãos, com dedicatória e tudo, o seu livro. Fiquei sabendo que o evento foi maravilhoso, ele merece! Na AFL Aracy é conhecido como o "decano", por ser o mais antigo da nossa confraria. Seus poemas exalta o amor ... é um romântico!


Possui, esse nosso poeta
de coração timoneiro,
um nome a mais que o completa:
Aracy "Paixão" Ribeiro.

(geraldo evangelista)


CADÊ VOCÊ
Aracy Ribeiro

Perguntei por você ao vento, ao rio que passa ...
Mudos, num instante, cada um passou.
Indaguei ao crepitante fogo, joguei as chamas
na pira do meu pedido e vi meu rogo consumido.

Procurei no mundo dos pensamentos, revirei céus e terra,
mas nada ... Ninguém falou de você. Fiquei à espera,
gritei ao sol, depois implorei à lua, perguntei às estrelas ...
Ainda assim, não consegui comovê-las.

Cada um na sua, ninguém se manifestou.
Busquei você no ontem, tentei encontrá-la hoje;
perguntei por você aos céus ... Procurei por você em cada oração.
Busquei-a no templo, no destino, no pensar, na devoção.

Mas você estava todo tempo no interior do meu corpo,
seu sacrário vivo de rezas e orações,
linda! Formosa! ... Presente e forte no altar do meu coração.


... as fotos são de Rosângela, copiei e colei, ela não perde um evento.