quinta-feira, 28 de agosto de 2014

VI Festival Aberto de Poesia - Poesias Selecionadas -

VI Festival Aberto de Poesia Falada  de São Fidélis
12 e 13 Setembro 2014

01-  CIRCULO VICIOSO - André Luís Soares - Guarapari- ES
02- PESSOAS – Geraldo Evangelista – São Fidélis-RJ
03- SIMPATIA PARA DESCOLORIR O CÉU– Luís Alfredo Santos – Belo Horizonte-MG
04- SÓ QUERER – José Carlos Rison - São Fidélis-RJ 
05- EMBORNAL – Angelo Pessoa Martins – Cordeiro-RJ
06- VÊ SE TE CURA – Gustavo Polycarpo – São Fidélis-RJ
07- RECEITA PARA O TEU ÚLTIMO JANTAR – Éder  Rodrigues – Pouso Alegre-MG
08- SEPARAÇÃO – Edelson Nagues – Brasília-DF
09- NÃO HÁ ESPAÇO PARA POESIA – José Moreira Sobrinho – São Fidélis-RJ
10- PÁ-LAVRA – Geraldo Trombin – Americana-SP
11- CANTEIROS DE HORTELÃ – Mauro Martiniano de Oliveira – São Paulo-SP
12- DESPEDIDA DE AMÉLIA – Éder Rodrigues – Pouso Alegre-MG
13- A SETE CHAVES – Luiz Alfredo Santos – Belo Horizonte-MG
14- LAÇOS DE VIDA – José Carlos Rison  - São Fidélis-RJ
15-  A BICA – Paulo Franco – Ribeirão Pires-SP
16- TEMA MUSICAL PARA SOLO DE O RIO EM POESIA – Gustavo Polycarpo –São Fidélis  
17- SOBRE O SILÊNCIO – Edelson Nagues – Brasília-DF
18- MARÉ VIVA MARÉ VOLTA OU A SUSPENSÃO DA VELHA SUPER NOVA – Carla Mangueira  - São Fidélis-RJ
19- NOVO SÉCULO – Franciane da Conceição Cruz – São  Gonçalo-RJ
20- E ASSIM POR DIANTE – Geraldo Evangelista – São Fidélis-RJ
21- SE EU FOSSE UM POEMA – Jaqueline Lopes Salgado Soares – Bauru-SP
22- AS DUAS VOLTAS AO MUNDO – Gustavo Polycarpo - São Fidélis-RJ
23- ÚLTIMA – Marco Antônio Comini Chistófaro – Patos de Minas-MG
24- EU CANTO UNS VERSOS PROCÊ – Marco Antônio Comini Christófaro – Patos de Minas-MG
25- ENTRE O DOCE E O AMARGO – José Moreira Sobrinho - São Fidélis-RJ
26- DE ÁGUA PARA O VINHO- Jorge Ventura - Rio de Janeiro-RJ    
27- E SÓ -  Paulo César Prazeres Moura – Campos dos  Goytacazes-RJ
28- ACASO – José Carlos Rison - São  Fidélis-RJ
29- REFERÊNCIAS - Jorge Ventura - Rio de Janeiro-RJ 
30- DIALÉTICA DO MAL – Edelson Nagues – Brasília-DF
31-  DIGNO - Geraldo Evangelista - São Fidélis - RJ
32- A QUARTA PAREDE – Paulo Franco – Ribeirão Pires-SP
33- LAVRADOR – Geraldo Trombin – Americana-SP
34- CENTENÁRIA PONTE METÁLICA – José Moreira Sobrinho - São Fidelís - RJ
35- FRONTEIRA DO TEMPO – Maria Helena Alves Lamanna – Rio Preto-MG

***
    Fonte:  www.goytacity.blogspot.com.br )

Festival de Poesia Poetas Fidelenses - Poesias Selecionadas -

Festival de Poesia Falada de São Fidélis 
10 Setembro 2014
01- ALMA - Geraldo Evangelista
02-BEIJO DA MORTE - José Moreira 
03-CARISMAS FALSOS - Gustavo Polycarpo 
04-DIGNO - Geraldo Evangelista
05-ASSIM POR DIANTE - Geraldo Evangelista
06-JAZ - Thiago Yuri
07-LEMBRANÇAS- Aracy Ribeiro
08-LITERATURA DE CORDEL - Berenice Seixas
09 MINHA CASA - Fernando Leite
10-O QUE NÃO É PRECISO DIZER - Geraldo Evangelista
11- PESSOAS - Geraldo Evangelista
12- POESIA ADORMECIDA - Thiago Yuri
13- SÃO FIDÉLIS, MEU ENCANTO! - Cristóvão Manoel Spalla
14- TRIBUTO - Thiago Yuri
15- VIAJANTE DOS SONHOS - Gustavo Polycarpo

***

I Festival Estudantil - Poesias Selecionadas -

- I Festival de Estudantil de Poesia Falada de São Fidélis -
08 Setembro 2014

1- REFLEXO E REFLEXÕES - Maria Clara B. M. Coelho 
2- POESIA - Ruan Carlos O. Dias
3- NÃO CHORE -  Ruan Carlos O. Dias
4-CIDADE POEMA - Arthur da Silva Lins
5-VIVA - Wallas da Silva Soares
6-TE AMAR -  Mayanne C. Pereira
7-ESQUECIMENTO - Mayanne C. Pereira
8-MEU LUGAR - Breno Daflon
9- SOL E CHUVA - Mikaelen Rafaella
10- O CANGACEIRO E SUA ESTRELA PERDIDA - Taynara dos Santos da Silva
11- O GUERREIRO DAS RUAS -  Marcos Vinícius C. de Oliveira
12- DESCONHECIDO - Mércia Rodrigues dos Santos 
13-EMOCÕES DA POESIA -Taynara dos Santos da Silva
14- AMOR -  Sarah de Souza Brandão
15- AS MARIAS DO MEU MUNDO - Pedro Muryllo N. P. de Souza
16- DESPEDIDA - Pedro Muryllo N. P. de Souza
17- O OCULTO DO AMOR - Josenando Pinto da Silva
18- SABER VIVER - Tassiane
19- SABER AMAR - Isamar M. de Faria
20- VIVER A VIDA - Gabrielly de Souza Guimarães

(fonte: www.saofidelisrj.com.br  )

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Parabéns,João Paulo!


Filho,
Deus te ouve no teu silêncio
Deus está perto, ao teu alcance
Ele te protege por toda vida
Ele te ama, lhe dê uma chance.
sua mãe

- Dia do cara mais chato do mundo!!! Parabens xuao, felicidades pa caraio e que vc continue sendo esse palhaço neurotico de sempre.Felicidades, e lembre se: a culpa sempre e do PT kkkkkkkkkk (Marcelle Cabral Coutinho)
Parabéns cara! Felicidades! (Érike Raphael)
Parabéns, toda a felicidade do mundo !!! (Carol Mattar)
Parabéns ! (Clara Moreto)
Parabéns (Rodrigo Tannus)
Parabéns!!!! (Thaís Theophilo)
Parabéns mano! (Anderson de Oliveira)
PARABÉNS \../ (Rdtour Excursões)
Parabénsss, João! Tudo de bom :D (Radja Correa)
Obrigada Jesus pelo filho precioso e abençoado que tu me deste.Parabéns,João!! (Berenice Seixas)
Fala Zé!!!! Felicidades e arpejos animais em seu dia!!! (Raimundo Correia)
Parabens Hiena tudo de Bom hj e sempre!! Vai pagar nem uma gelada kkkk (Bruno Lanes)
Ta ficando velho viado kkkk Mts anos de vida ae. (Maickon Rangel)
Parabéns.. Felicidades :) (Thamires Brito)
Parabéns ae maluko! e cuidado com esses fantasmas de SF! kkkkkk (Estevão Sepúlvida)
Feliz aniversário (Albeerto de Mattos)
Parabens (Felipe Duarte)
Parabéns JP! (Yago Ferreira)
Parabéns!!! :-D (Kelly Alves)
Parabéns João! Felicidades! (Gilmara Dias)
parabéns jão, cuidado com o fantasma do transbordo hahahaahah (Nilson Berriel)
Felicidades hoje e sempre! Tudo de bom! ;) (André Abreu)
Parabéns João Paulo! Saúde, dinheiro e mulheres são meus sinceros desejos a você...(André Campos)
Parabéns primo! (Renato Menezes)
PARABÉNS! (Jorgeamado De Almeida)
Parabéns... (Suellen Famadas)
Parabens!!!!! Felicidades...(Gisele Carneiro)
Feliz Aniversario Joao! Que Deus abençoe sua vida! Felicidades!!!Bjs (Taciane Amaral)
Parabéns! felicidades! (Ana Beatriz Menezes)
PARABENS MEU PRIMO, TUDO DE BOM A VOCE JUNTO A TODOS QUE TE AMAM (Amaro Souza)
Parabéns!! Deus te abençoe hoje e sempre!! Bjs!! (Heloisa Maia)
Parabéns !!!!!! Que Jesus sempre te acompanhe.Um grande abraço. (Maria Martha)
Feliz aniversário!!!! (Fernanda Moreira)
Parabéns pelo aniversario!!Tudo de bom para você: saúde, alegrias, conquistas e realizações. Que Deus ilumine seu caminho. Felicidades!!! Com carinho da Tia Cibele. (Cibele Seixas)
Parabéns atrasado seu puto! (Daniella EMatheus)
Parabéns meu amor! (Patrícia Marinho) 
Ficando velho ...
Confia no Senhor de todo o teu coração, e não estribes no teu próprio entendimento.
(Provérbios3:5)

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

"Marcha soldado cabeça de papel ..."

 
 Hoje comemoramos mais uma data cívica "Dia do Soldado" - 25 de agosto, data fácil de ser lembrada por todos que passaram pelos bancos escolares.Vejo que esta data vem carregada de uma singeleza, e pureza que outras não tem.Quando criança era chapeuzinho de folha de jornal na cabeça, espadinha também de jornal empunhada nas mãos com todo bravo e o inesquecível "marcha soldado cabeça de papel, se não marchar direito vai preso no quartel."Depois me lembro da biografia do Patrono do Exército Brasileiro, do amor à Pátria ... e por aí foi ficando cravado no peito o patriotismo.Hoje aos meus olhos, vejo que tudo que se comemora nesta data é bem diferente de tempo atrás. Já não se "marcha soldado "antigamente. Estou quase podendo afirmar o que o escritor João Ubaldo disse:"Já cheguei à altura da vida em que tudo de bom era no meu tempo". Não sei onde vamos chegar !! Mas continuamos mar!chan!do!!   

domingo, 24 de agosto de 2014

Meditar em Deus

Mordecai ou Mardoqueu (depende da tradução da bíblia) foi um judeu que ficou conhecido por criar sua prima Ester como filha, por ser órfã de pai e mãe.Foi um homem sábio, que sempre agiu conforme a direção de Deus.
Durante muitos anos, os israelitas estiveram cativos na Babilônia, onde reinava Nabucodonosor. O sofrimento dessa população só terminou no dia em que um simples cidadão da tribo de Benjamim chamado Mardoqueu resolveu introduzir sua filha de criação, Ester, no palácio de Assuero, para participar de uma espécie de concurso de beleza, onde seriam selecionas as moças mais bonitas do reino.Aquela que caísse no agrado de rei seria nomeada rainha. Ester foi a escolhida e, na condição de rainha, pode interceder pelo seu povo junto ao marido.
Mardoqueu que vivia assentado à porta do palácio e ali sabia dos assuntos da cidade.Certa vez, ouviu que dois homens atentaram contra o rei Assuero e avisou Ester, que levou a notícia ao conhecimento do rei, evitando assim a sua morte.O fato foi confirmado e dois conspiradores foram executados.
Mas por um mal entendido, no lugar de Mardoqueu, quem recebeu as honras foi Hamã, um agagita. Este homem foi colocado num alto posto, acima de todos os príncipes do reino, e todos tinham que prostrar diante dele.
Mardoqueu, no entanto, nunca reverenciava Hamã, uma vez que para ele, o único merecedor de honras e glórias era o seu Deus.Sentindo-se ofendido, Hamã resolveu punir não somente Mardoqueu, com a pena de morte, mas também todo o seu povo, e o rei concedeu-lhe a devida permissão.
Ester soube da história e se colocou para contar ao rei tudo o que estava acontecendo por causa de Hamã. Mas, antes disso, Assuero soube que Mardoqueu denunciou dois homens, evitando a sua morte, e sentiu impelido a honrar a quem o havia defendido.
Assim porém, o rei acabou descobrindo quem na verdade, o havia livrado da morte.Mardoqueu foi premiado por Assuero com o título de primeiro-ministro e Hamã foi enforcado na própria forca que havia preparado para o benjamita, por ter querido exterminar o povo da amada do rei e por tê-lo enganado, colocando-se como herói no lugar de Mardoqueu.
Como primeiro-ministro, Mardoqueu tirou os judeus do cativeiro babilônico e fez, mais uma vez, o nome do Senhor ser exaltado.

Esta história nos mostra a importância de ter pessoas de Deus intercedendo pelo povo de Deus junto aos governantes. Precisamos de "mardoqueus" no poder, lutando pelo nosso povo e impedindo que os servos do Senhor permaneçam cativos.
(fonte:síntese de achados na net)

Senhor,
Levanta homens e mulheres cheios do Espírito Santo pra governar a nossa nação, e sopra sobre eles um vento novo. Muda o controle e corrige a rota da nossa nação.Carecemos da sua intervenção, da sua provisão neste tempo. E dai-nos sabedoria dos céus para escolhermos os nossos governantes. Pois o Senhor é o nosso Jeová Jireh - "Senhor proverá". Amém.
Até mais! 

sábado, 23 de agosto de 2014

A Chegada de Ariano Suassuna no Céu

Sou apaixonada por essa mente brilhante que foi Suassuna. Grande defensor da cultura nordestina e do Brasil. Navegando pela net, achei essa literatura de cordel, divinamente maravilhosa, é longa mas vale a pena ler. Até mais!

A CHEGADA DE ARIANO SUASSUNA NO CÉU
Autores: Klévisson Viana e Bule-Bule
Nos palcos do firmamento
Jesus concebeu um plano
De montar um espetáculo
Para Deus Pai Soberano
E, ao lembrar de um dramaturgo,
Mandou buscar Ariano.
Jesus mandou-lhe um convite,
Mas Ariano não leu.
Estava noutro idioma,
Ele num canto esqueceu,
Nem sequer observou
Quem foi que lhe escreveu.
Depois de um tempo, mandou
Uma segunda missiva.
A secretária do artista
Logo a dita carta arquiva,
Dizendo: — Viagem longa
A meu mestre não cativa.
Jesus sem ter a resposta
Disse torcendo o bigode:
— Eu vejo que Suassuna
É teimoso igual a um bode.
Não pode, mas ele pensa
Que é soberano e pode!
Jesus, já perdendo a calma,
Apelou pra outro suporte.
Para cumprir a missão,
Autorizou Dona Morte:
— Vá buscar o escritor,
Mas vê se não erra o corte!
A morte veio ao País
Como turista estrangeiro,
Achando que o Brasil
Era só Rio de Janeiro.
No rastro de Suassuna,
Sobrou pra Ubaldo Ribeiro.
Porém, antes de encontrá-lo,
Sofreu um constrangimento
Passando em Copacabana,
Um malfazejo elemento
Assaltou ela levando
Sua foice e documento.
A morte ficou sem rumo
E murmurou dessa vez:
— Pra não perder a viagem
Vou vender meu picinez
Para comprar outra foice
Na loja de algum chinês.
Por um e noventa e nove
A dita foice comprou.
Passando a mão pelo aço,
Viu que ela enferrujou
E disse: — Vai essa mesma,
Pois comprar outra eu não vou!
A morte saiu bolando,
Sem direção e sem tino,
Perguntando a um e a outro
Pelo escritor nordestino,
Obteve informação,
Gratificando um menino.
Ao encontrar João Ubaldo,
Viu naufragar o seu plano,
Se lembrando da imagem
Disse: — Aqui há um engano.
Perguntou para João
Onde é que estava Ariano.
Nessa hora João Ubaldo,
Quase ficando maluco,
Tomou um susto arretado,
Quando ali tocou um cuco,
Mas, gaguejando, falou:
—Ele mora em Pernambuco!
A morte disse: — Danou-se
Dinheiro não tenho mais
Para viajar tão longe,
Mas Ariano é sagaz.
Escapou mais uma vez,
Vai você mesmo, rapaz!
Quando chegou lá no Céu
Com o escritor baiano,
Cristo lhe deu uma bronca:
— Já foi baldado o meu plano.
Pedi um da Paraíba
E você trouxe um baiano.
João Ubaldo é talentoso,
Porém não escreve tudo.
“Viva o Povo Brasileiro”
É sua obra de estudo,
Mas quero peça de humor,
Que o Céu tá muito sisudo.
Foi consultar os arquivos
Pra ressuscitar João,
Mas achou desnecessário,
Pois já era ocasião
Pra ele vir prestar contas
Ali na Santa Mansão.
Jesus olhou para a Morte
E disse assim: — Serafina,
Vejo não és mais a mesma.
Tu já foste mais malina,
Tá com pena ou tá com medo,
Responda logo, menina?!
— Jesus, eu vou lhe falar
Que preciso de dinheiro.
Ariano mora bem
No Nordeste brasileiro.
Disse o Cristo: —Tenho pressa,
Passe lá no financeiro!
— Só faço que é pra o Senhor.
Pra outro, juro não ia.
Ele que se conformasse
Com o escritor da Bahia.
Se dependesse de mim,
Ariano não morria.
A morte na internet
Comprou passagem barata.
Quase morria de susto
Naquela viagem ingrata.
De vez em quando dizia:
— Eita que viagem chata!
Uma aeromoça lhe trouxe
Duas barras de cereais.
Diz ela: — Estou de regime.
Por favor, não traga mais,
Porque se vier eu como,
Meu apetite é voraz!
Quando chegou no Recife,
Ficou ela de plantão
Na porta de Ariano
Com sua foice na mão,
Resmungando: — Qualquer hora
Ele cai no alçapão!
A morte colonizada,
Pensando em lhe agradar,
Uma faixa com uma frase
Ela mandou preparar,
Dizendo: “Welcome Ariano”,
Mas ele não quis entrar.
Vendo a tal faixa, Ariano
Ficou muito revoltado.
Começou a passar mal,
Pediu pra ser internado
E a morte foi lhe seguindo
Para ver o resultado.
Eu não sei se Ariano
Morreu de raiva ou de medo.
Que era contra estrangeirismos,
Isso nunca foi segredo.
Certo é que a morte o matou
Sem lhe tocar com um dedo.
Chegou no Céu Ariano,
Tava a porta escancarada.
São Pedro quando o avistou
Resmungando na calçada,
Correu logo pra o portão,
Louvando a sua chegada.
Um anjinho de recado
Foi chamar o Soberano,
Dizendo: – O Senhor agora
Vai concretizar seu plano.
São Pedro mandou dizer
Que aqui chegou Ariano.
Jesus saiu apressado,
Apertando o nó da manta
E disse assim: — Vou lembrar
Dessa data como santa
Que a arte de Ariano
Em toda parte ela encanta.
São Pedro lá no portão
Recebeu bem Ariano,
Que chegou meio areado,
Meio confuso e sem plano.
Ao perceber que morreu,
Se valeu do Soberano.
Com um chapelão de palha
Chegou Ascenso Ferreira,
O grande Câmara Cascudo,
Zé Pacheco e Zé Limeira.
João Firmino Cabral
Veio engrossar a fileira.
E o próprio João Ubaldo
(Que foi pra lá por engano)
Veio de braços abertos
Para abraçar Ariano.
E esse falou: – Ubaldo,
Morrer não tava em meu plano!
Logo chegou Jorge Amado
E o ator Paulo Goulart.
Veio também Chico Anysio
Que começou a contar
Uma anedota engraçada
Descontraindo o lugar.
Logo chegou Jesus Cristo,
Com seu rosto bronzeado.
Veio de braços abertos,
Suassuna emocionado
Disse assim: — Esse é o Mestre,
O resto é papo furado!
Suassuna que, na vida,
Sonhou em ser imortal,
Entrou para Academia,
Mas percebeu, afinal,
Que imortal é a vida
No plano celestial.
Jesus explicou seus planos
De fazer uma companhia
De teatro e ele era
O escritor que queria
Para escrever suas peças,
Enchendo o Céu de alegria.
Nisso Ariano responde:
— Senhor, eu me sinto honrado,
Porém escrever uma obra
É serviço demorado.
Às vezes gasto dez anos
Para obter resultado.
Nisso Jesus gargalhou
E disse: — Fique à vontade.
Tempo aqui não é problema,
Estamos na eternidade
E você pode criar
Na maior tranquilidade.
Um homem bem pequenino
Com chapeuzinho banzeiro,
Com um singelo instrumento,
Tocou um coco ligeiro
Falando da Paraíba:
Era Jackson do Pandeiro.
Logo chegou Luiz Gonzaga,
Lindu do Trio Nordestino,
E apontou Dominguinhos
Junto a José Clementino
E o grande Humberto Teixeira,
Raul e Zé Marcolino.
Depois chegou Marinês
Com Abdias de lado
E Waldick Soriano,
Com um vozeirão impostado,
Cantou “Torturas de Amor”,
Como sempre apaixonado.
Veio então Silvio Romero
Com Catulo da Paixão,
Suassuna enxugou
As lágrimas de emoção
E Catulo, com seu pinho,
Cantou “Luar do Sertão”.
Leandro Gomes de Barros
Junto a Leonardo Mota,
Chegou Juvenal Galeno,
Otacílio Patriota.
Até Rui Barbosa veio
Com título de poliglota.
Chegou Regina Dourado,
Tocada de emoção,
Juntinho de Ariano,
Veio e beijou sua mão
E disse: — Na sua peça
Quero participação.
Ariano dedicou-se
Àquele projeto novo.
Ao concluir sua peça,
Jesus deu o seu aprovo
E a peça foi encenada
Finalmente para o povo.
Na peça de Ariano
Só participa alma pura.
Ariano virou santo,
Corrigiu sua postura.
Lá no Céu ganhou o título
Padroeiro da cultura.
Os artistas que por ele
Já nutriam grande encanto
Agora estando em apuros,
Residindo em qualquer canto,
Lembra de Santo Ariano
E acende vela pro santo.
Ariano foi Quixote
Que lutou de alma pura.
Contra a arte descartável
Vestiu a sua armadura
Em qualquer dia do ano
Eu digo: viva Ariano
Padroeiro da Cultura!
FIM

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

"... É que Narciso acha feio o que não é espelho."

"... É QUE NARCISO ACHA FEIO O QUE NÃO É ESPELHO"

Pra qual serventia vamos ficar pré-julgando as pessoas diante da sua posição social, racial, religiosa, ou sexual. Ninguém gosta que pessoas tenham má impressão de pessoas. Isso é preconceito, e como define o dicionário, preconceito é "conceito ou opinião formada antes de ter os conhecimentos adequados." O preconceito leva as pessoas a sentirem-se superiores a outros, tratam o outro com desprezo, provocação, indiferença, ódio, descriminando o indivíduo só porque ele não corresponde à sua imagem ou é diferente do seu modelo ideal.Não vou me deter em falar sobre preconceito, pois não tenho bagagem para tanto. Mas quero deixar registrado aqui neste post uma frase, para uma reflexão, a qual não conhecia, mas que me chamou muito atenção, que está na letra da música de Caetano Veloso "Sampa", que foi muito bem colocada numa entrevista por Marina Silva - candidata à  Presidência "... É que Narciso acha feio o que não é espelho," traduzindo: - precisamos achar bonito o que não é espelho.Vamos repensar nossas atitudes e aceitar as diferenças. Mas tem um porém; somos filhos de Deus e não do pecado.
Até mais!

"Quando eu te encarei
Frente a frente
Não vi o meu rosto
Chamei de mau gosto o que vi
De mau gosto, mau gosto
É que Narciso acha feio
O que não é espelho."


quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Parabéns,Cotinha!

Foi com muita alegria que chegamos até a casa de Cotinha para abraçá-la e lhe desejar um feliz aniversário, com muita saúde, paz e dias melhores. Que Deus abençoe a sua vida, conserve sua alegria, e essa conversa boa por muitos e muitos anos. O doce e o salgado preparado com carinho ficou por conta da nora e da filha, estava uma delícia! Que no próximo ano possamos juntos novamente agradecer a Deus por  tudo que Ele fez e por tudo que Ele fará na sua vida. Felicidades,Cotinha!

"As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim, renovam-se cada manhã."
(Lamentações3:22-23) 

domingo, 17 de agosto de 2014

Meditar em Deus


Cinco leis que envolve a vida do ofertante

1- Lei da semeadura 
"O que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará."(2Coríntios 9:6)
2- Lei do amor de Deus
"Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria." (2Coríntios 9:7)
3- Lei do favor total de Deus
"E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda a boa obra."(2Coríntios 9:8)
4-Lei da multiplicação
"Ora, aquele que dá a semente ao que semeia, também vos dê pão para comer, e multipliquei a vossa sementeira, e aumente os frutos da vossa justiça." (2Coríntios 9:10)
5- Lei da abundância
"Para que em tudo enriqueçais para toda a beneficência, a qual faz que por nós se dêem graças a Deus.(2Coríntios 9:11

(fonte: video Pr.Silas Malafaia)

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Vovó ama ...


A Pombinha da Mata
 (Cecília Meireles)

Três meninos na mata ouviram
uma pombinha gemer.

"Eu acho que ela está com fome",
disse o primeiro,
" e não tem nada para comer."

Três meninos na mata ouviram 
uma pombinha carpir.

"Eu acho que ela ficou presa",
disse o segundo,
"e não sabe como fugir."

Três meninos na mata ouviram
uma pombinha gemer.

"Eu acho que ela está com saudade",
disse o terceiro,
"e com certeza vai morrer."
***
carpir = chorar

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Morre "Eduardo Campos"


Fiquei triste, mas muito triste mesmo, com a perda desse "grande político". Ele representava a esperança de muitos brasileiros, assim como eu. Me sinto órfã como cidadã, mas não vamos desistir de achar em meio ao palheiro uma agulha milagrosa, ou melhor uma ísca, para acender novamente a chama da esperança.Ele morreu lutando pelos seus ideais, um sonhador.Que Deus o receba de braços abertos, e console seus familiares. Amém.

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

I Festival Estudantil de Poesia Falada de São Fidélis - Inscrição -


I Festival Estudantil de Poesia Falada de São Fidélis.
09 de setembro de 2014.

O I Festival Estudantil de Poesia Falada de São Fidélis, organizado pela Prefeitura Municipal de São Fidélis através da Secretaria de Cultura e Turismo, tem por finalidade não só valorizar os novos poetas fidelenses, sustentando o topônimo ‘’Cidade Poema’’, como também promover o intercâmbio e entrosamento entre os jovens poetas das seguintes redes de ensino: municipal, estadual e privada, atuantes em São Fidélis, num grande espetáculo artístico e cultural, que objetiva divulgar positivamente a poesia e o amor às letras.


Regulamento

Da realização – O Festival será realizado nos dias 9 de setembro de 2014, no Anfiteatro da Biblioteca Municipal Corina Peixoto de Araújo, Centro.
Horário – inicio às 19:30 horas.

Da participação – Poderão participar do Festival, tanto autores como intérpretes, alunos das citadas redes fidelenses de ensino que estejam cursando o 6º, 7º, 8º ou 9º ano do Ensino Fundamental e os alunos que estiverem cursando o 1º, 2º,  3º ou 4º ano do Ensino Médio. A modalidade é livre bem como o tema, não sendo consideradas participantes inscrições de trovas.

Das apresentações/inscrição (Normas) – Cada concorrente poderá participar com no máximo 03 (três) trabalhos, digitados em papel A4, 05 (cinco) vias de cada poema, em Times New Roman corpo 12, em envelope tamanho ofício identificado apenas por pseudônimo. Junto com a(s) referida(s) via(s) também deverá ser enviado no mesmo envelope 01 (um) CD em arquivo Word, contendo o(s) referidos(s) trabalho(s).

Ainda dentro do mesmo envelope, colocar outro, menor, fechado contendo o(s) título(s) do(s) poema(s) e pseudônimo, a identificação do concorrente com nome e endereço completos, telefone, assinatura, e-mail e escola/colégio de origem, em papel A4, e declaração da Instituição comprovando a matrícula do participante.


As inscrições só poderão ser feitas via Correios e terão que ser postadas até o dia 31 de julho do ano em curso impreterivelmente. Quaisquer trabalhos postados após a data prevista serão desconsiderados bem como os que não atenderem às regras supracitadas.

Endereço para postagem
Secretaria Municipal de Cultura e Turismo –“Cidade Poema”.
Praça Guilherme Tito de Azevedo, 135 – Centro.
CEP: 28400-000.
São Fidélis – RJ.

Referindo-se ainda às regras:

. O(s) trabalho(s) classificado(s) e premiado(s) poderá(ão) ser publicado(s) de acordo com a organização do festival.

. Os autores classificados e/ou premiados,a partir de sua inscrição, estarão automaticamente autorizando a publicação do(s) seu(s) trabalho(s) de acordo com a organização do evento e suas necessidades.

. Serão selecionados por uma banca examinadora qualificada, 20 (vinte) trabalhos inscritos a serem apresentados com interpretação, no dia 09 de setembro quando serão escolhidos os três primeiros colocados e o melhor intérprete.

. Estarão em julgamento os quesitos

- Conteúdo poético;
- Estruturação textual;
- Interpretação;
- Interação – poesia/intérprete/público.
Nenhuma divulgação relacionada a não realização do evento deverá ser levada em consideração, exceto em caso de ocorrência de calamidades ou similares, o que levará a organização a se responsabilizar por avisar em oportuno ao(s) participante(s).

. Os 20 (vinte) trabalhos classificados deverão ser apresentados com seus intérpretes, sendo de inteira e única responsabilidade do concorrente providenciar a indicação dos mesmos, caso contrário, a desclassificação do poema será automática, subindo os da sequência de classificação, ex.: 36, 37, 38...

. Os autores dos poemas classificados deverão estar presentes no evento. A ausência dos mesmos implicará em desclassificação.

. A leitura do poema não será contada como interpretação.

Da premiação
1º lugar: Um Notebook;
2º lugar: Um Tablet;
3º lugar: Uma Câmera Digital;
Melhor intérprete: Um Notebook;
Menção Honrosa: Um Celular.

Maiores informações
- Tel.: (22) 2758 - 6829, segunda à sexta-feira. Das 8 às 17 horas.