sábado, 9 de dezembro de 2017

A mãe do pai


A MÃE DO PAI

A mãe do pai.
"A mãe da mãe tem as portas abertas.
Liberdade, intimidade, jeitinho.
É coadjuvante da novidade, doadora silenciosa do amor.
Cúmplice de uma nova mãe que merece e precisa da sua presença.
Mas e a mãe do pai?
Quão difícil é ser mãe do pai.
Achar a brecha, encontrar o lugar, se chegar.
A mãe do pai não tem que ajudar nas posições das mamadas, não tem que fazer compressas pré amamentação.
Para isso já existe a mãe da mãe.
É ela quem o coração de filha pede.
E assim, a mãe do pai fica ali, observando de perto mas de longe.
A mãe do pai não tem desculpas para visitas demasiadamente prolongadas.
Precisa ir na coragem, na boa cara de pau, na fé.
A mãe do pai não pode ligar 3x ao dia para saber como está o toquinho de gente que fez seu coração explodir mais uma vez.
Ser mãe do pai é presenciar o filho se descobrir na paternidade, e ao mesmo tempo ter relances do garotinho que ontem segurava sua mão, e agora segura um bebê.
Ser mãe do pai é querer beijar, abraçar, palpitar na vida de um bebê que é tão seu, mas nem tanto.
É o amor incondicional que não pode chegar arrombando, precisa ser manso, bater na porta.
Ser mãe do pai é ter que aprender a respeitar a ordem do tempo e principalmente das coisas.
É o amor resiliente, humilde, paciente.
Tenho a impressão que ser mãe do pai é o mais paciente dos amores.
É a união do amor com a espera.
Espera pelo momento, pela sua hora.
É falar, já que às vezes o amor fala demais, e se arrepender.
A verdade, que não se pode negar, é que a mesma frase dita pela mãe da mãe, é recebida de forma diferente quando dita pela mãe do pai.
Ser mãe do pai é enxergar em outra mulher não somente a esposa do filho, mas a guardiã e mãe do novo ser que é tão importante na sua vida.
Ser mãe do pai é um papel tão complexo que assusta.
E me traz uma ponta de tristeza, pois um dia será a minha vez.
E uma ponta de vergonha, já que lembro da minha sogra e da sua jornada como mãe de pai.
Pensando assim meu coração me pede mais paciência, compreensão, tolerância. Me pede para lembrar que quando o assunto é amor para os meus filhos, seja da mãe da mãe, ou da mãe do pai, nunca é demais.


(Autora: @a.maternidade - Rafaela Carvalho)

sábado, 25 de novembro de 2017

Inspiração do dia

 

Se não houver frutos
Valeu a beleza das flores
Se não houver flores
Valeu a sombra das folhas
Se não houver folhas 
Valeu a intenção da semente.

Maurício F. Ceolin

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

"Nego tá na moda" - desfile


 DESFILE DE MODAS 'NEGO TÁ NA MODA'.
Evento em homennagem ao "dia da Consciência Negra".
Realização: Secretaria Municipal de Cultura
Produção: Josiel Larrúbia.

(Fonte: www.facebook.com/SaoFidelis)

domingo, 19 de novembro de 2017

I Feira literária de São Fidélis

Lançamento de livro "É Inverno" de Cecília Mouta
Quadra Esporte

Atração Cultural: "O Pequeno Príncipe"
narrativa performática Valdemy Braga com a Banda 22 de Outubro
Salão Colégio Estadual

Atração Cultural: "Quina da Palavra" com Geraldo Evangelista e Ronaldo Barcelos
Quadra de Esporte

Artista AFL - "Severino"


Atração Cultural: Escola de Samba Unidos de São Vicente
Mestre-Sala e Porta-Bandeira
Quadra de Esporte


Show: Vicente de Paula
Quadra Esporte

sábado, 18 de novembro de 2017

I Feira Literária de São Fidélis

 Teatro: Artistas AFL
Salão Colégio Estadual

Apresentação de Dança "Danc'Arte"
Quadra Esporte

Noite de Autógrafos escritor fidelense Gustavo Polycarpo
Livros: Cembó: Ibi Curimbada" e "Itacolomi: desengano"
Quadra Esporte

Atração Cultural "Escola de Música Amor de Índio"
Quadra Esporte


Atração Cultural : Recital sobre poeta Pedro Emílio
com Geraldo Evangelista e Aline Reis
Quadra Esporte

Poetisas AFL: Maria Lúcia e Severina

Convidados ilustres

 Feira de Livros

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

I Feira Literária São Fidélis

Conversa com o autor Gustavo Polycarpo
Museu Corina Peixoto

Conversa com o autor Thiago Yuri
Salão Nobre Colégio Estadual

Lançamento livro do autor Jayme Coelho
Quadra Esporte

Atração Cultural "Roda Cultural"
Quadra de Esporte

Atração Cultural "Escola de Música Ritmus"
Quadra de Esporte

Show "Daniel Goudard"
Quadra Esporte

Confrades AFL
Tenda

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

I Feira Literária São Fidélis

Abertura Oficial da I FLISF
 Salão Nobre do Colégio Estadual 

Conversa com o autor Thiago Yuri
Salão Nobre do Colégio Estadual 

Conversa com o autor Gustavo Polycarpo
Museu Corina Peixoto

Atração Cultural - Passeio Poético - Professora Sônia Sóta
Praça de São Fidélis

Lançamento de Livro"Castelos no Horizonte"autor André Barcelos
Quadra de Esportes

Apresentação da "Bamadap" - Banda Marcial Dario Portugal Freixo
Praça da cidade

Show Coral da Igreja Batista Memorial
Quadra Esporte

Confrades AFL
Tenda


A I FLISF é uma realização da Academia Fidelense de letras (AFL), cuja presidenta é Cláudia Calomeni Campanelli. Como primeira edição foi um sucesso, esperando alargar as fronteiras para o próximo ano. Parabéns a todos que se empenharam em abrilhantar esse evento de total relevância para nossa cultura local. Avante!!



Vitória e seus desenhos


segunda-feira, 13 de novembro de 2017

"O que restará de ti"



O Que Restará de Ti
(It rastreatra de Toi)


O que restará de ti
É tudo aquilo que deste
E não o que guardaste
Nos cofres enferrujados
O que restará de ti
E de teu  jardim secreto
É uma flor esquecida
Jamais fenecida
E tudo que deste
Nos outros, florescerá
Pois aquele que perde a vida
Um dia  encontrará
O que restará de ti
É tudo que ofereceste
De braços abertos
Numa manhã ensolarada
E tudo que perdeste
Ao longo da jornada
E tudo que sofreste
Nos outros reviverá
 Pois aquele que perde a vida
Um dia a encontrará
O que restará de ti
Uma lágrima caída
 Um sorriso brotado
Nos olhos do  coração
É verdade, o que restará de ti
É o que semeaste, dividiste
 Com os que buscam a felicidade
E tudo que semeaste
Nos outros germinará
Pois, aquele que perde a vida
Um dia a encontrará

O Que Restará de Ti é uma livre tradução de autoria de  Miguel Falabella do poema  francês "It rastreatra de Toi"   e foi recitado  em homenagem a Márcia Cabrita no Programa Fantástico (12/11/17). Muito comovente.

domingo, 12 de novembro de 2017

Parabéns,Yasmim!


Hoje essa fofura de menina veio festejar seu aniversário de cinco anos aqui na cidade do seu papai (São Fidélis), só pra ficar mais pertinho de todos da família. A festa estava linda!! Tia Fafá colocou sua "arte" em prática e tudo ficou alegre e maravilhoso. Os priminhos as titias os avós e coleguinhas brindaram a felicidade. Desejo que você tenha um caminho lindo pela frente!! Deus te abençoe. Felicidades!!
tia berê





sábado, 11 de novembro de 2017

Drummonde-se


Paulo tinha fama de mentiroso. Um dia chegou em casa dizendo que vira no campo dois dragões da independência cuspindo fogo e lendo fotonovelas. A mãe botou-o de castigo, mas na semana seguinte ele veio contando que caíra no pátio da escola um pedaço de lua, todo cheio de buraquinhos, feito queijo, e ele provou e tinha gosto de queijo. Desta vez Paulo não só ficou sem sobremesa como foi proibido de jogar futebol durante quinze dias. Quando o menino voltou falando que todas as borboletas da Terra passaram pela chácara de Siá Elpídia e queriam formar um tapete voador para transportá-lo ao sétimo céu, a mãe decidiu levá-lo ao médico. Após o exame, o Dr. Epaminondas abanou a cabeça: 

 - Não há nada a fazer, Dona Coló. Este menino é mesmo um caso de poesia.

 Carlos Drummond de Andrade
A incapacidade de ser verdadeiro





terça-feira, 7 de novembro de 2017

Deus me fez mãe


DEUS ME FEZ MÃE

“Uma criança pronta para nascer perguntou a Deus:
-“Dizem-me que estarei sendo enviado à Terra amanhã…Como vou viver lá, sendo assim pequeno e indefeso?”
E Deus disse: -“Entre muitos anjos, eu escolhi um especial para você. Estará lhe esperando e tomará conta de você.”
Criança: -“Mas diga-me: aqui no Céu eu não faço nada a não ser cantar e sorrir, o que é suficiente para que eu seja feliz. Serei feliz lá?”
Deus: - “Seu anjo cantará e sorrirá para você…A cada dia, a cada instante, você sentirá o amor do seu anjo e será feliz.”
Criança: - “Como poderei entender quando falarem comigo, se eu não conheço a língua que as pessoas falam?
Deus: - “Com muita paciência e carinho, seu anjo lhe ensinará a falar.”
Criança: - “E o que farei quando eu quiser Te falar?”
Deus: - “Seu anjo juntará suas mãos e lhe ensinará a “Orar”
Criança: - “Eu ouvi que na Terra há homens maus. Quem me protegerá?”
Deus: - “Seu anjo lhe defenderá mesmo que signifique arriscar sua própria vida.”
Criança: - “Mas eu serei sempre triste porque eu não Te verei mais.”
Deus: - “Seu anjo sempre lhe falará sobre Mim, lhe ensinará a maneira de vir a Mim, e Eu estarei sempre dentro de você.”
Nesse momento havia muita paz no Céu, mas as vozes da Terra já podiam ser ouvidas. A criança, apressada, pediu suavemente:
- “Oh Deus, se eu estiver a ponto de ir agora, diga-me, por favor, o nome do meio anjo.”
E Deus respondeu: - “Você chamará seu anjo de…MÃE!”

 (Desconheço a Autoria, se alguém souber me avise para dar credito).

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Quatro meses... Sebastião Bisneto


Deus vai contar linda história
Nas páginas da sua vida
Momentos de muitas vitórias
De promessas cumpridas.
Deus te abençoe!








domingo, 5 de novembro de 2017

Meu pijaminha ...


Todo noite é assim
Deito e durmo na caminha
Mamãe cuida bem de mim
Vou dormir de pijaminha

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Finados


Eu estava lá antes que Ele fizesse 
o princípio do pó do mundo ... (Pv 8:26)


Meus mortos foram velhos,
crianças, jovens, adultos
Foram risos, lágrimas, meiguice
avarentos, solitários, calados, caridosos,
resignados, sábios, proseadores
espírito elevado, amorosos e felizes.
Usaram tranças, coques, cabelo igual paina,
amarraram suas saias, soltaram foguetes,
cochicharam conversas, meditaram na bíblia e sonharam.
Fizeram história  
Deixaram saudades
Hoje estes passaram ...
Findou o seu destino.
Viraram pó.


Finados / Feriado / Fazenda / Flores / Flamboyant / Floresceu / Falta ...