segunda-feira, 13 de novembro de 2017

"O que restará de ti"



O Que Restará de Ti
(It rastreatra de Toi)


O que restará de ti
É tudo aquilo que deste
E não o que guardaste
Nos cofres enferrujados
O que restará de ti
E de teu  jardim secreto
É uma flor esquecida
Jamais fenecida
E tudo que deste
Nos outros, florescerá
Pois aquele que perde a vida
Um dia  encontrará
O que restará de ti
É tudo que ofereceste
De braços abertos
Numa manhã ensolarada
E tudo que perdeste
Ao longo da jornada
E tudo que sofreste
Nos outros reviverá
 Pois aquele que perde a vida
Um dia a encontrará
O que restará de ti
Uma lágrima caída
 Um sorriso brotado
Nos olhos do  coração
É verdade, o que restará de ti
É o que semeaste, dividiste
 Com os que buscam a felicidade
E tudo que semeaste
Nos outros germinará
Pois, aquele que perde a vida
Um dia a encontrará

O Que Restará de Ti é uma livre tradução de autoria de  Miguel Falabella do poema  francês "It rastreatra de Toi"   e foi recitado  em homenagem a Márcia Cabrita no Programa Fantástico (12/11/17). Muito comovente.

sábado, 11 de novembro de 2017

Drummonde-se


Paulo tinha fama de mentiroso. Um dia chegou em casa dizendo que vira no campo dois dragões da independência cuspindo fogo e lendo fotonovelas. A mãe botou-o de castigo, mas na semana seguinte ele veio contando que caíra no pátio da escola um pedaço de lua, todo cheio de buraquinhos, feito queijo, e ele provou e tinha gosto de queijo. Desta vez Paulo não só ficou sem sobremesa como foi proibido de jogar futebol durante quinze dias. Quando o menino voltou falando que todas as borboletas da Terra passaram pela chácara de Siá Elpídia e queriam formar um tapete voador para transportá-lo ao sétimo céu, a mãe decidiu levá-lo ao médico. Após o exame, o Dr. Epaminondas abanou a cabeça: 

 - Não há nada a fazer, Dona Coló. Este menino é mesmo um caso de poesia.

 Carlos Drummond de Andrade
A incapacidade de ser verdadeiro





terça-feira, 7 de novembro de 2017

Deus me fez mãe


DEUS ME FEZ MÃE

“Uma criança pronta para nascer perguntou a Deus:
-“Dizem-me que estarei sendo enviado à Terra amanhã…Como vou viver lá, sendo assim pequeno e indefeso?”
E Deus disse: -“Entre muitos anjos, eu escolhi um especial para você. Estará lhe esperando e tomará conta de você.”
Criança: -“Mas diga-me: aqui no Céu eu não faço nada a não ser cantar e sorrir, o que é suficiente para que eu seja feliz. Serei feliz lá?”
Deus: - “Seu anjo cantará e sorrirá para você…A cada dia, a cada instante, você sentirá o amor do seu anjo e será feliz.”
Criança: - “Como poderei entender quando falarem comigo, se eu não conheço a língua que as pessoas falam?
Deus: - “Com muita paciência e carinho, seu anjo lhe ensinará a falar.”
Criança: - “E o que farei quando eu quiser Te falar?”
Deus: - “Seu anjo juntará suas mãos e lhe ensinará a “Orar”
Criança: - “Eu ouvi que na Terra há homens maus. Quem me protegerá?”
Deus: - “Seu anjo lhe defenderá mesmo que signifique arriscar sua própria vida.”
Criança: - “Mas eu serei sempre triste porque eu não Te verei mais.”
Deus: - “Seu anjo sempre lhe falará sobre Mim, lhe ensinará a maneira de vir a Mim, e Eu estarei sempre dentro de você.”
Nesse momento havia muita paz no Céu, mas as vozes da Terra já podiam ser ouvidas. A criança, apressada, pediu suavemente:
- “Oh Deus, se eu estiver a ponto de ir agora, diga-me, por favor, o nome do meio anjo.”
E Deus respondeu: - “Você chamará seu anjo de…MÃE!”

 (Desconheço a Autoria, se alguém souber me avise para dar credito).

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Quatro meses... Sebastião Bisneto


Deus vai contar linda história
Nas páginas da sua vida
Momentos de muitas vitórias
De promessas cumpridas.
Deus te abençoe!








domingo, 5 de novembro de 2017

Meu pijaminha ...


Todo noite é assim
Deito e durmo na caminha
Mamãe cuida bem de mim
Vou dormir de pijaminha

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Finados


Eu estava lá antes que Ele fizesse 
o princípio do pó do mundo ... (Pv 8:26)


Meus mortos foram velhos,
crianças, jovens, adultos
Foram risos, lágrimas, meiguice
avarentos, solitários, calados, caridosos,
resignados, sábios, proseadores
espírito elevado, amorosos e felizes.
Usaram tranças, coques, cabelo igual paina,
amarraram suas saias, soltaram foguetes,
cochicharam conversas, meditaram na bíblia e sonharam.
Fizeram história  
Deixaram saudades
Hoje estes passaram ...
Findou o seu destino.
Viraram pó.


Finados / Feriado / Fazenda / Flores / Flamboyant / Floresceu / Falta ...

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Célula "Kadosh"



Hoje nossa célula estava em festa! Comemoramos aniversário de Creuza, Berenice e Maria Helena. Que Deus venha nos abençoar poderosamente com saúde e muitos anos de vida.

"Os caminhos de Deus não são os nossos caminhos."