terça-feira, 20 de março de 2012

BBB 12 ... valeu Fael!

O paredão de hoje que eliminou João Carvalho, valeu a pena. João é um cara legal, mas não se compara a Fael, que tem um jeito todo simples e cativante de ser, uma inocência de matuto, uma pessoa forte, guerreira. A vitória de Fael já está confirmada; ele declarou sua vitória na madrugada quando acordou assustado e passou por cima de todos; ele determinou sua vitória quando Bial perguntou: "O que se lembra dessa noite? Tocou o Big Fone?" Fael respondeu: ..."eu preciso ser o primeiro a chegar". E vai chegar. Torço por você Fael!

Discurso de Bial na eliminação de João Carvalho

“Um dia desses, a gente estava conversando sobre retidão, lembram?
Sobre a escolha entre retidão e curvas. Há quem identifique retidão com virtude, em oposição às curvas. Curvas seriam coisa de quem quer dar uma volta... Em alguém...

Será que isso vale sempre? Será que isso vale no Big Brother? Será que, no BBB, o menor caminho entre dois pontos, o primeiro dia e a grande final, o menor caminho entre esses dois pontos, será que é uma reta? Olha: nem sempre a retidão é sinal de virtude: Pense no que significa a linha reta do aparelho que monitora os sinais vitais de um paciente na C.T. I. Ali, a linha reta é a morte.

O que é tão bonito na linha reta? Talvez justamente o fato de ela não existir, ser uma invenção humana, algo artificial. Artificial ou ilusório. A única linha reta da natureza, o horizonte, é ilusória, uma ilusão de ótica.

Vamos tentar pensar do ponto de vista de quem assiste ao programa. A linha reta pode ser chata, um desenho monótono, a história de alguém que entrou na casa de um jeito, e desse jeito permaneceu, manteve a linha reta, meio tremelicada, às vezes, mas reta. Pode ser uma chatice. Ou não. Pode ser um sinal de coerência, integridade. Ou... Não...

Já um participante, que entra e se atrapalha todo aí dentro, pode traçar um caminho de curvas, uma hora de um lado outra de outro lado, uma hora para cima, outra para baixo... Essa montanha-russa emocional pode ser interpretada como algo divertido, humano, comovente. Ou não. E o zig- zag pode também ser julgado como fraqueza, coisa de maria- vai-com-as-outras. Ou... Não...

Vista de bem longe, toda curva é reta. Vista de muito perto, toda reta é cheia de curvinhas. É o tal negócio: Uma das características da natureza humana é não aceitar a natureza humana. Talvez, até por isso, a aparente retidão seja tão sedutora. No fim das contas, o BBB sempre nos faz repetir a pergunta: Afinal, as aparências enganam ou não?

Bom, chega de rodeios... Quem sai hoje é João Carvalho”.

(fonte:globo.com/bbb)

Nenhum comentário:

Postar um comentário